domingo, 20 de abril de 2008

GLOBO E VOCÊ, TUDO A VER ! ?

Estamos em uma época em que a mídia nos mostra tudo sobre todo mundo, e ao mesmo nos remete à conveniência de fatos e situações, em que mais nos deixa como "expectadores" do que realmente participantes dos fatos ocorridos, ou bem informados, como se prega em todas as rodas. Afinal, ser bem informado é fator que diferencia um cidadão que é bom ou não profissional.
O Caso Isabella e outros, são marcados pela presença da mídia nos informando e ao mesmo tempo, construindo uma opinião sobre tais situações, que ficamos, o tempo todo, do café da manhã, até o jantar, construindo hipóteses, descritas por este meio, ou outro de televisão (digo, qual reportagem foi mais convincente?) o da Record, o da Band, ou da Globo, da Revista Istoé, Veja ?
Parece que todos esses meios estão construindo uma verdade, que nem sei se é de fato verdade,
Parece que estou diante de um novo "BBB-9", ou qualquer coisa do gênero, e isso, só está faltando fazer você votar.
Não sou a favor da violência, sou a favor da verdade e da justiça, e isso, não quer dizer da Rede TV, Globo, Record, ou Band, só quero a verdade e a justiça.

Poderemos correr o risco de ficar assistindo a tudo, e tudo passar como se fosse caso do dia a dia, e nos conformarmos com tudo, ou nos vingarmos de tudo, como se tudo passasse... afinal, é coisa do dia dia do ser humano, situações que podem estar nos envolvendo a todos, pois ninguém está fora de nada, nem dentro de nada, só estamos como expectadores,
Estou tentando construir uma idéia sobre o que estou vendo todos os dias, e isso já está me incomodando, pois não sei em quem acreditar, ou o que pensar.
E você, o que acha de todo o caso Isabella, e outros casos de violência no Brasil?

Escreva sua opinião.

5 comentários:

Aline Bergamin disse...

É verdade, a mídia às vezes é tão escandalosa e repetitiva que só nos deixa um ângulo por onde olhar. O BBB-9 em que vivemos agora é feito também pela record, que nem por um dia deixou de mostrar "reportagens exclusivas" dizendo sempre a mesma coisa. Afinal, quem se importa com o que a madrasta almoçou na prisão? Queremos, se não a verdade, pelo menos algo novo. Mas por baterem sempre e sempre na mesma tecla, agora todos estão convictos de que o casal é culpado. Já foi provado que os casos mais bem solucionados não são esmiuçados pela mídia, mas sim estudados silenciosamente pela perícia. A massa popular sempre é do contra, e isso pode atrapalhar os trabalhos de muita gente. Mas é claro que a mídia adora esse apelo. Enfim, no caso Isabella e em tantos outros casos abordados pelas redes, era melhor que o povo não tivesse tantas informações, era melhor que não soubessemos algumas "verdades". Por incrível que pareça.

Camila Fernandes Vieira disse...

Esse caso de Isabella já está virando mesmo um caso muito repetitivo.. um caso que todos dias eles falam um monte de coisas que o "povo" ja sabe.
o que queremos é que os principais suspeitos paguem pelo o que eles fizeram.. em vez de a midia estar divulgando tudo isso.. ela também deveria estar tomando alguma providencia em fazer algo para de uma vez "culpar" esses dois principais suspeitos como ja disse, e nao estar prolongando este assunto para causar mais revolta e polêmica na nossa população.
É verdade, como o professor mesmo disse na sala de aula, esse SERÁ MAIS UNS DOS CASOS QUE DAQUI ALGUNS MESES JA TERÁ SIDO "ARQUIVADO" E ESQUECIDO PELA MAIORIA DOS BRASILEIROS..
Em opinião própria, esse lenga-lenga feito pela imprensa, e por todo mundo que "se acha" estar por meio do assunto, está sendo chato e extressante, pois todo mundo ja sabe que o casal sao os culpados.. mas ninguém procura tomar uma decisaão contra eles para serem punidos e sentir na pele o arrependimento de ter matado uma criança inocente...
Queremos apenas a justiça!!!!!

Monique Gabrielle Camargo Morel disse...

Bom, tudo que disse é o que queremos, e pensamos.
O caso Isabella realmente comoveu e chocou todo o nosso país, jogada do 6º andar de um prédio e uma das principais suspeitas: O PAI. Já no caso da madrasta, ninguém se surpeendiria tanto, pois madrasta sempre tem ciúme da filha do marido com uma outra mulher, ainda mais uma criança de 5 anos de idade.
Eu acho que o caso Isabella já está deixando as pessoas com problemas, como: stress, ansiedade, insônia, etc.
Sim, a mídia está sendo escandalosa mesmo em nos mostrar reportagens repetitivas, mas com muitas notícias "banais" como: "Anna Jatobá comeu somente um pedaço de pizza durante todo o processo de depoimento, que durou horas..." Mas o que queremos saber é da JUSTIÇA, onde ela fica nisso tudo? Quando? Como?. Eis as questões.
É claro que fiquei chocada também com o ocorrido, mas o que mais me choca é que, no Brasil em torno de 100 crianças morrem diariamente vítimas de maus-tratos – negligência, violência física, abuso sexual e psicológico. Eu fico matutando esses fatos, porque a mídia ao invés de ficar só nos mostrando direto o mesmo fato, ela não fala sobre os outros casos que ocorrem no Brasil? Seria melhor, pois vamos ver que a realidade não ocorre somente em prédios de luxo, classe-média e em grandes cidades, poderiam encaixar ali, pois todos eles relacionam-se com esse caso.
Agora a violência em geral...
Aê Mário, é educar a população, fortalecendo a cidadania, as crianças, nós jovens, etc. Bom, isso já acontece a anos, agora o que falta é a conscientização das pessoas. Mas eu receio que nenhum brasileiro seria capaz de abolir essas soluções, por muitos que não estão seguindo, o que importa é pensar no futuro, continuar sem desistir, pois o Brasil, não só o Brasil, mas o mundo, ainda tem jeito, depende de cada um.
Bom, é isso ae.

Anônimo disse...

O que a mídia tem feito é criar a própria opinião pública. As pessoas deixaram de criar sua própria opinião e passaram seguir a opinião que a mídia tem lançado. Sendo assim, cabe a nós a fazer a nossa parte não nos permitindo ser influenciados pela mídia e transmitir nossos conhecimentos as pessoas que não tem este acesso.
Professor Mário parabéns pelo blog!

Ex-aluna Crei
Gabriela Decothé

Ludianny Ribeiro Rodrigues 2ºMB disse...

É verdade. A mídia hoe divulga o que quer da forma que quer, faz com que quem asita (telespectador) se envolva com aqurla fato ocorrido, visando um lado da história, deixando outras possibilidades de certeza de lado, nos INDUZINDO a acrerditar que de fato aquilo está correto.
Caso Isabella? Focaram literalmente no pai e maddrasta da menina, esquecendo da existência e frieza da mãe da garota. Por trás dessa história ainda tem uma novela, e pode eperar que novas surpresas apareceram. As vezes as verdades ditas são importantes para que nos brasileiros entendamos que o mundo hoje não é (acho que nunca foi) um mar de rosas onde não existia (ou nãose ouvia falar) em violência. Hoje mais do que nunca passamos por uma 'revolução' onde para viver as pessoas passam por cima das outras sem compaixão. Portanto nõ sou nem a favor nem contra o que a mídia nos transmite, porém, acho queapesar de tamanhas informações temos que ter a mente abertae nossa próprima opinião, não deixar que pessoas que a gente nem conheçe nos induza a ACHAR o que é certo e o que é errado.